Resenha: O Hobbit

Resenha: O Hobbit
De J.R.R Tolkien.

Eu sou muuuito suspeita pra falar porque me apaixonei pelo Tolkien no momento em que assisti Hobbit no cinema, e é claro fui logo atrás do livro. Tolkien é simplesmente o pioneiro do gênero de fantasia, ele criou um mundo incrível e enriquecido de detalhes, que torna a leitura dos seus livros mágica.

A história de O Hobbit se passa alguns anos antes de o Senhor dos Anéis. Nesse livro conhecemos Bilbo Bolseiro um hobbit do bolsão, conhecido por ser uma pessoa respeitável e que nunca faria algo estranho ou partiria em uma aventura, tidas como um coisa ruim e incomodas, que te atrasam para o café.

Porém, Gandalf (um mago famoso por seus fogos de artifícios) aparece e convida Bilbo para fazer parte de uma aventura que ele estava organizando, com o objetivo, restaurar a terra natal dos descendentes de Durin. Óbvio que, como um bom Bolseiro do bolsão, Bilbo era totalmente contra sair em aventuras e foi totalmente contra a ideia.

Entretanto após ouvir as histórias dos anões de como eles perderam seu lar e ficaram destinados a vagar pela terra média, algo tocou no coração do pequeno hobbit e então Bilbo decidi se juntar a companhia, e se vê partindo em uma aventura com ninguém menos do que anões (companhia essa que não era a favorita de um hobbit!).

Deixando o conforto da sua adora toca e seu condado Bilbo parte para a maior aventura da sua vida, e mal ele sabia o que lhe aguardava pela frente! De batalhas com orcs, trolls e a maior das calamidades Smaug. Se você quer saber tudo o que acontece com Bilbo, se ele volta algum dia para o seu amado condado e é claro de suas aventuras, Leia O Hobbit!

Está é a história de como um Bolseiro participou de uma aventura e se descobriu fazendo e dizendo coisas de todo inesperadas. Ele pode ter perdido o respeito dos vizinhos, mas ganhou... Bem, você vai ver se ele ganhou alguma coisa no final.

Gostou do conteúdo deste post? Leia mais através dos links abaixo.