Resenha: Manual dos jovens estressados, mas muito inteligentes

Resenha: Manual dos jovens estressados, mas muito inteligentes
Por Augusto Cury.

Manual dos Jovens Estressados, Mas Muito Inteligentes é um livro de autoajuda que visa auxiliar os jovens a lidar com as tensões e desafios da vida moderna. Escrito pelo psiquiatra e escritor brasileiro Augusto Cury, o livro oferece estratégias e técnicas práticas para controlar o estresse e aumentar a inteligência emocional. Ele é escrito como uma conversa entre o autor Augusto Cury, o personagem iEstresse e o Leitor, fazendo com que a leitura seja simples e divertida.

Um dos temas chave é a importância de desenvolver uma mentalidade positiva. Cury argumenta que nossos pensamentos e crenças têm um impacto poderoso em nossas emoções e comportamentos, e que podemos usar isso a nosso favor, cultivando uma visão positiva da vida. Para isso, o livro fornece ferramentas e exercícios para identificar e reenquadrar pensamentos negativos, assim como, para desenvolver uma mentalidade mais otimista e resiliente.

Outro tema central do livro é o conceito de "neurose", que Cury define como um padrão de pensamento e comportamento que leva a sofrimento desnecessário e auto-sabotagem. Cury explica que a neurose geralmente está enraizada em nossas crenças e experiências inconscientes e que pode ser superada aumentando a autoconsciência e a autorregulação. Para ajudar os leitores a fazer isso, o livro inclui técnicas para reconhecer e desafiar padrões negativos de pensamento e comportamento e desenvolver mecanismos de enfrentamento saudáveis.


No geral, o Manual dos Jovens Estressados, Mas Muito Inteligentes é um livro valioso para quem procura melhorar sua saúde mental e bem-estar. Esteja você lutando contra o estresse, a ansiedade ou outros desafios emocionais, ele oferece estratégias práticas e baseadas na ciência para desenvolver resiliência, gerenciar suas emoções e alcançar uma vida mais gratificante.

Antes de terminarmos, vale destacar que pelo fato do livro ter sido escrito para jovens, a maioria dos exemplos utilizados são para adolescentes, mas isso não quer dizer que adultos não possam ler. Temas como janelas killer, janelas killer de duplo P, a mente que "mente", técnica DCD (Duvidar, Criticar, Determinar), QI, QP, mente autônoma ou automata, são abordados pelo livro e podem ajudar qualquer pessoa a conquistar uma mente saudável, independente da idade.


Gostou? apoie o blog comprando o livro através do link abaixo